Portais de Luz

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Parceria

Facebook
Setembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Últimos assuntos
» Visconde de Mauá
Qui Ago 23, 2018 4:18 pm por fernandojorge

» Atendimento Portais de Libertação
Qui Maio 17, 2018 6:42 pm por Lancelot

» Mago.Hellblazer
Qui Maio 17, 2018 5:32 pm por Lancelot

» A história da Umbanda
Qui Dez 21, 2017 11:36 pm por Lancelot

» Espaços mágicos e correntes
Qua Dez 20, 2017 11:29 pm por Lancelot

» Piano Bar Convívio
Qua Dez 20, 2017 10:49 pm por Lancelot

» O poder das Pedras Pretas : para limpeza energética e proteção
Qua Dez 20, 2017 10:46 pm por Lancelot

» Um regresso
Qua Dez 20, 2017 12:11 pm por Lancelot

» Feliz Natal 2017
Ter Dez 19, 2017 10:34 pm por Lancelot


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Portais de Luz » Religiões » Umbanda » OXUM

OXUM

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 OXUM em Sex Abr 25, 2014 12:56 am

Ondine

avatar
Determinado
Determinado
Se houver algo de errado com o texto me perdoem, estou na fase de aprendizado, porém o texto me emocionou.
Prantos de Oxum

Oração a Oxum:
“Se Oxum pudesse me ouvir agora
talvez duvidasse da minha fé,
talvez não entendesse minhas dúvidas e teria pena.
Mas Oxum não pode me ouvir enquanto não conversar.
Oxum não pode me ouvir, mas peço agora de coração
Que Oxum seja minha mãe e me proteja”




Oxum é o Orixá da beleza, da tranqüilidade da verdade. Oxum consegue antes de tudo dizer que o caminho pode não ser fácil, mas deve sempre ser belo.

Porque a tranqüilidade e a verdade do coração, sempre transformam os atos, em beleza. O amor é belo, a verdade também. E Oxum consegue entender que na beleza não há futilidade. Que a beleza de um sentimento é uma das forças que magnetiza e envolve almas, encarnadas ou não.*

Oxum é o Orixá da abundancia, do ouro, das águas doces. E como elas, pode brilhar, levando consigo a sujeira, a lama. Polindo as gemas que se encontram abaixo das pedras, trazendo a luz ao meio do caos.

Os trabalhos dirigidos a Oxum, são aqueles que precisam de luz para que se realize a limpeza, para que o caos e a destruição não se apresentem tão duros nem tão devastadores.

São trabalhos em que é necessário enxergar um rasgo de sol na escuridão, para que não se veja apenas a tristeza, a dor, mas também o belo, mesmo em uma situações onde desespero e dor se façam presentes e pareçam únicos.

Oxum auxilia aos filhos a encontrar no desespero um motivo para sorrir, que possam entender que a beleza faz parte das situações mais terríveis e que sempre um rasgo da bondade estará presente.

Demonstra que a realidade apesar de dura, pode ser bela e que o magnetismo do bom e do belo é maior do que qualquer vibração de dor. Ilumina os locais para que os filhos possam ver a beleza dos cantos mais escondidos, para que possa entender que sempre haverá dois lados e que um deles, por menor que seja é belo.

Para que os filhos possam perceber que apesar de seus defeitos são lindos, que apesar de suas quedas, ainda permanecem íntegros, que a beleza está principalmente na alma.

Por isso Oxum chora muitas vezes, porque a beleza do puro se perde, porque a força do belo se esconde pelas lamas e que aqueles que mais precisariam da organização só enxergam o caos.

Porque não basta apenas abrir os caminhos é preciso também iluminá-los para que se tornem brilhantes. Como a pedra, que no rio de tanto rolar, de tanto ser desgastada pelo tempo, pelas águas, mostra seu lado mais perfeito, sua forma mais bela.

Desgaste e dor se tornam lapidações. De suas várias faces a mais perfeita se apresenta e então, brilha com o alvorecer e pequenos pedregulhos se tornam lindas pepitas.

Oxum limpa a lama e mostra a beleza do desgaste. A perfeição de uma jornada árdua.

Quando houverem dúvidas de que o caminho esteja valendo à pena, ou quando se busca a luz na escuridão, quando a lama precisa ser levada dos rios ao mar, então a força de Oxum deve se fazer presente.

A força da limpeza que traz o movimento e a continuação. Que limpa a lama e arranca com força as raízes mais bem sedimentadas, se assim for necessário.

Trabalhos para afastar ódios ou para que se enxergar mesmo no inimigo alguma faceta da verdade e então, não odiar tanto. Para trabalhos onde se faça necessária a limpeza do movimento, para que se demonstre e apareça o belo e a tranqüilidade daquilo que até então era somente escuridão.



“Lembro quando chorei porque não mais conseguia enxergar meu rosto lembro que nada adiantaram as lagrimas, e que não houve forma de novamente conseguir entender que a minha imagem se escondia nelas. Então parei de chorar e consegui enxergar. Minha face continuava ali, bela e serena. Mas as lagrimas, essas tinham sido levadas por Oxum. “


* - Livro: Umbanda para a Vida: Primeira Leitura dos Fundamentos Umbandistas, página 93, O Equilíbrio e as Sete Linhas.

Ver perfil do usuário

2 Re: OXUM em Qui Jun 12, 2014 3:20 pm

Só agora vi sua postagem....

Para mim, não há nada de errado neste texto.....

Não sou umbandista, mas convivo com esses orixás e tenho grande respeito e admiração pelos guias.......

Oxum é isso mesmo, e como vivo numa região de floresta densa me cercando, vivo constantemente dentro da natureza que pertence a ela: em beira de rios de vegetação densa sempre com borboletas grandes e azuis passando pelas proximidades, isso sem falar nas serias, que surgem rapidamente quando estou sozinho........


Talvez o motivo do choro, seja alguma ligação com as energias que provem desse orixá..... talveeeez........


_________________
SDS

Monge Copista, Copeiro, Espadado, Chaveiro, Sarcástico, Piadista, Diarista.....
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum