Portais de Luz

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Parceria

Facebook
Palavras chave

energia  amuletos  Cordões  fria  energéticos  quente  

Dezembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Últimos assuntos
» O atomo sob a Luz da Clarividencia
Qui Set 14, 2017 9:01 pm por Lancelot

» Piano Bar Convívio
Qui Set 14, 2017 9:00 pm por Monge Copista

» Uma frase por dia - Um pensamento para a vida.
Qua Set 13, 2017 12:25 pm por Monge Copista

» Hermetismo
Sex Out 28, 2016 3:52 pm por SombeR

» Qual será a religião perfeita?
Dom Ago 14, 2016 10:36 am por Lancelot

» Feliz Natal
Sab Jan 02, 2016 12:45 am por Ondine

» Numerologia
Ter Dez 01, 2015 8:14 am por Lancelot

» BÍBLIA, QUAL A MELHOR VERSÃO ?
Sex Nov 13, 2015 11:30 am por Monge Copista

» Como Escrever o Pacto com Lúcifer
Qui Nov 12, 2015 6:17 pm por Monge Copista


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Portais de Luz » Ocultismo » Sistemas Magickos » Bruxaria Tradicional

Bruxaria Tradicional

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Bruxaria Tradicional em Seg Fev 24, 2014 9:38 pm

Raven Nox

avatar
Recém Chegado
Saudações!  Very Happy 

Tomei a liberdade de abrir este tópico sobre Bruxaria Tradicional, para colocarmos textos sobre este campo de estudos e práticas do qual me ocupo, no sentido de incentivar o debate e a troca de conhecimentos.

Começarei elaborando um texto no sentido de tentar explicar, em linhas muito gerais, "o que é a Bruxaria Tradicional" e também contrastar a Bruxaria Tradicional com a Bruxaria Moderna no sentido de apontar diferenças e similaridades. Não considero que eu esteja na posição de "ensinar" para alguém sobre Bruxaria Tradicional - apenas desejo compartilhar a minha visão sobre algo que faz parte da minha vida, para gerar um diálogo com quem vê as coisas dessa forma e com quem não vê as coisas assim.

Dito isso, com estaca e cálice na mão, vamos ao centro da encruzilhada.  Twisted Evil 

O que é a Bruxaria Tradicional?

Definir o que é Bruxaria é uma tarefa tão complexa quanto definir o que é Filosofia ou o que é Cultura. Existe uma quantidade imensa de definições e práticas associadas à Bruxaria, em todos os lugares do mundo e em todas as épocas da história da humanidade.



O termo "Bruxaria Tradicional" (Traditional Craft), diferente do que se possa pensar, foi definido pelo Bruxo inglês Robert Cochrane somente depois do surgimento da Wicca. O termo Bruxaria Tradicional surgiu apenas como um rótulo de identificação para diferenciar as práticas de Bruxaria legadas das repaginadas/reconstruídas no sentido de evitar uma generalização de "toda a Bruxaria sendo a Wicca Gardneriana e suas derivações modernas".

Nesse sentido é de fundamental importância ressaltar que "Bruxaria Tradicional" é apenas um "termo guarda-chuva" que serve para definir um grupo muito grande de práticas. Não existe "uma única tradição de Bruxaria Tradicional", o que existe são múltiplas tradições, práticas e costumes de Bruxaria que são tradicionais.

Um engano comum em relação à Bruxaria Tradicional é a noção de que uma tradição não sofre influências de diversas religiões ao longo do tempo, conservando uma estética e forma pagã até os dias de hoje. Pelo bem da verdade, a verdadeira Bruxaria Tradicional que temos hoje, no mundo ocidental, é absolutamente católica na aparência. Para ter uma noção disso basta olhar o ofício das Benzedeiras (que embora não se considerem Bruxas praticam um ofício essencialmente Bruxo e Tradicional) que absorveu uma estética da religião oficial (sendo praticado comumente por benzedeiras católicas e umbandistas) e com uma origem de ritos e procedimentos que pode ser datado do paganismo, sem dúvida.

Com a popularização da Wicca e das correntes Modernas de Bruxaria há diversos mitos circulando sobre o que a Bruxaria realmente é. Abaixo coloco alguns pontos que considero importantes para esclarecimento.

Diferenças entre a Bruxaria Tradicional e a Bruxaria Moderna

1. Paganismo

A Bruxaria Moderna é, na maior parte, pagã e faz uma reconstrução de cultos a Deuses pagãos e celebrações. A Bruxaria Tradicional independe de religiões e é absorvida por diferentes formas e estéticas. Um Bruxo Tradicional não precisa adotar uma religião para praticar seu ofício.

2. Sacerdócio

A Wicca e as linhas Modernas de Bruxaria, na maior parte, fazem do Bruxo um sacerdote de Deuses pagãos. Essa prática foi incluída na Wicca de Gardner, mas antes disso a Bruxaria Tradicional nunca precisou se pautar em cultos a Deuses, já que tradicionalmente as Bruxas operam em uma área cinzenta entre o que é permitido e o que não é permitido pelos cultos e religiões oficiais. O que temos, na época do paganismo antigo, são sacerdotes dos cultos oficiais se ocupando com os Deuses e as Bruxas operando marginalmente a isso, manipulando as forças sagradas e profanas sem o consentimento do culto oficial. Isso não significa que Bruxas não trabalhem com divindades, apenas que o sacerdócio não é automático e, repito, foi popularizado pela Wicca (pelo menos dentro do contexto da Bruxaria, especificamente). Não tenho dúvidas que tenham existido cultos marginais com Deuses pagãos e Bruxaria ao longo da história - é possível, mas não de forma tão difundida e ampla.

3. Celebrações sazonais

As correntes Modernas de Bruxaria costumam celebrar ciclos sazonais, que são constatados na realidade observável (estações do ano e períodos intermediários chamados "ciclos da colheita"). Tradicionalmente, Bruxos celebram com base em datas folclóricas que podem ou não ter relação com as estações do ano. É importante ressaltar que muitos Bruxos Tradicionais não celebram absolutamente nada, exercendo a sua Bruxaria como ofício.

4. Religão

Aderentes da Wicca e das correntes Modernas de Bruxaria costumam definir a Bruxaria como religião. Bruxos Tradicionais geralmente definem a Bruxaria como um ofício, por inúmeras razões. Alguns têm religiões que podem ser seguidas independe de práticas feiticeiras e de Bruxaria (assim como suas práticas de Bruxaria independem de religião). Outros enxergam no próprio ofício todos os elementos necessários a sua evolução espiritual, não necessitando de uma estrutura de culto à divindade, dogmas e tudo que uma religião costuma carregar. Outros ainda evitam a palavra religião por ela trazer à tona a ideia do re-ligare, defendendo que um bruxo nunca se desliga de sua origem.

5. "Bruxas do bem" e a Lei Tríplice

A Wicca e a Bruxaria Moderna defendem que "Bruxos são amantes da natureza que não fazem (ou não deveriam fazer) mal a ninguém". Tradicionalmente, Bruxos podem sim fazer o mal assim como sacrificar animais em seus ritos, sem dogmas que limitem essas práticas. Bruxos Tradicionais costumam crer na lei do retorno, mas não na "Lei Tríplice". Uma frase que vejo com recorrência entre Bruxos Tradicionais é: "não faça o que deseja, faça o que é necessário."

6. Auto-iniciação

É bastante comum Wiccanos e Bruxos Modernos recorrerem a procedimentos de "auto-iniciação". Tradicionalmente existe um problema com o sentido que esse termo carrega. É absolutamente possível e comum ser um Bruxo Tradicional solitário (aliás, historicamente Bruxos Tradicionais são solitários - a criação de covens e clãs é bastante recente). A questão é que um Bruxo Tradicional jamais se "auto-inicia": ele pode se iniciar solitariamente através de uma transmissão vertical (espiritual). Aqui temos que contrastar os termos "auto-iniciação" e "iniciação solitária". Tenho certeza que muitos Bruxos Modernos concordam com isso, pois já ouvi da parte deles que "quem inicia verdadeiramente são os Deuses". É esse o espírito.

7. Ecletismo

Dentro das correntes Modernas e do Neopaganismo é comum haver certo ecletismo, onde o bruxo/neopagão combina referências de diferentes culturas em um mesmo rito. Tradicionalmente, um Bruxo respeita os contextos de cada prática. Se eu pratico Stregoneria (Bruxaria Italiana) e Goetia, por exemplo (a Goetia foi um sistema muito adotado por Bruxos ao longo da história) e eu decido fazer um feitiço, primeiro eu decido se vou trabalhar com os procedimentos da Stregoneria OU dentro de uma cerimônia da Goetia. Jamais eu vou misturar as duas coisas. Cada sistema/procedimento deve ser trabalhado dentro do seu contexto. Claro que em determinados momentos eu posso criar ou improvisar feitiços, mas com coerência e estabelecendo um contexto coeso onde essa prática possa se desenvolver.

Similaridades entre a Bruxaria Tradicional e a Bruxaria Moderna

Tanto a Bruxaria Moderna quanto a Bruxaria Tradicional têm uma tendência de praticar uma feitiçaria ligada à terra e à natureza, utilizando plantas e relações com espíritos/elementais e fases da lua. Nada pode ser generalizado, mas do meu ponto de vista esta é a maior similaridade e o ponto onde as duas artes realmente se encontram.

Se uso as Bruxarias Tradicional e Moderna para comparação, é porque atualmente tem se difundido muito a ideia de que "os Bruxos de verdade são os que seguem aquilo que a Bruxaria Moderna diz". Entre círculos Wiccanos e Neopagãos é muito comum dizer "Bruxaria" para se refrir apenas às correntes modernas e a Wicca, sem tratar o termo com a devida amplidão que ele possui.

Isso causa um problema no sentido de que uma série de pessoas que se declaram Bruxas e carregam conhecimentos tradicionais acabam não sendo reconhecidas como tal por essa geração de "jovens bruxas", que em certa parte parece querer controlar o título "Bruxo" ao invés de olhar para a história e compreender o que as Bruxas foram e como foram realmente percebidas historicamente. Para um Bruxo Tradicional o título é descartável e uma parte muito grande dos Bruxos Tradicionais não se definem como tal publicamente (eu incluso) não para "manter segredo", mas muito mais por uma questão de utilidade em usar um termo cujo significado é ao mesmo tempo disputado e obscuro.

Muito longe de querer atacar a Bruxaria Moderna ou os Bruxos Modernos (conheço Bruxos Tradicionais iniciados dentro da Wicca e eu mesmo já estudei Wicca e sei que existe muita gente coerente dentro dela) a ideia aqui é apenas esclarecer alguns mal entendidos comuns, que vemos sendo defendidos por aí.

Preliminarmente é isso que tenho a dizer. Aguardo comentários!

Raven


_________________
"Não creio ser um homem que saiba. Tenho sido sempre um homem que busca, mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros: começo a ouvir os ensinamentos que meu sangue murmura em mim." - Hermann Hesse
Ver perfil do usuário

2 Re: Bruxaria Tradicional em Ter Fev 25, 2014 3:48 pm

Saudações meu caro.

Não tenho muito a comentar, até porque não tenho conhecimento para tal.

Mas gostava de deixar uma opinião sobre aquilo que tu chamas de Bruxaria Tradicional e Bruxaria Moderna.

Como disse, sei muito pouco, ou seja, nada, mas até onde pude enxergar existe um conflito de tradições.
Em meu entender, e não só neste caso, não existe o velho nem o moderno, ou novo. Aquilo a que se chama de moderno, ou novo, eu chamo de velho, ou tradicional, mas reformulado. E são inumeros os casos que a história nos mostra. O velho sempre dá lugar ao novo, mas o novo em si trás toda uma herança genética que por mais que queira não tem como esconder.
Por isso, e mais uma vez, o novo ou moderno é uma cópia do velho ou tradicional, mas com uma outra cara.

Lancelot

Ver perfil do usuário http://portaisdeluz.forumeiros.com

3 Re: Bruxaria Tradicional em Ter Fev 25, 2014 5:33 pm

Raven Nox

avatar
Recém Chegado
É importante ressaltar que a Tradição na Bruxaria é muito fluída. A Tradição se codifica de forma orgânica através do tempo, mantendo a sua essência. Quando falamos de Wicca e Bruxaria Moderna estamos falando de criações/reconstruções sistemáticas feitas de forma ativa e consciente pelo homem. Ao contrário do que se possa pensar, a Bruxaria Moderna tem uma tendência muito maior de adotar estéticas antigas (já que ela faz reconstruções) do que a Bruxaria Tradicional, que é presente e codificada no nosso tempo.


_________________
"Não creio ser um homem que saiba. Tenho sido sempre um homem que busca, mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros: começo a ouvir os ensinamentos que meu sangue murmura em mim." - Hermann Hesse
Ver perfil do usuário

4 Re: Bruxaria Tradicional em Ter Fev 25, 2014 6:03 pm

Não sou contra o que tu falaste, nem tenho como duvidar, mas acredito que, qualquer coisa na terra tem a natural tendência a evoluir.
Se a Tradição estagnar, mais tarde ou mais cedo vai acabar.

Isto nada tem a ver directamente com a bruxaria, mas sim com a forma com que eu enxergo o mundo.


Opinião pessoal.

Ver perfil do usuário http://portaisdeluz.forumeiros.com

5 Re: Bruxaria Tradicional em Ter Fev 25, 2014 6:36 pm

Raven Nox

avatar
Recém Chegado
Perfeito, e o que eu quis dizer é justamente isso. A Tradição Bruxa é fluída por natureza, se adapta e se codifica com o passar dos tempos sempre mantendo a essência. Essa é uma característica da Bruxaria Tradicional que também é característica de muitas outras coisas, como você disse.


_________________
"Não creio ser um homem que saiba. Tenho sido sempre um homem que busca, mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros: começo a ouvir os ensinamentos que meu sangue murmura em mim." - Hermann Hesse
Ver perfil do usuário

6 Re: Bruxaria Tradicional em Ter Fev 25, 2014 7:12 pm

Raven Nox

avatar
Recém Chegado
Creio que o "pulo do gato" aqui seja olhar o contraste entre a fluidez natural e Tradicional da Arte Bruxa ao lado da sistematização/reconstrução.

Quando as Bruxas medievais passaram a usar Santos católicos em procedimentos onde antes divindades pagãs figuravam, temos uma adaptação cujo produto é Tradicional, vivo.

Quando Gardner fez a Wicca, foi um esforço humano e localizado. Aí não há a mesma fluidez da Tradição das Bruxas medievais.

Não sei se estou me fazendo entender.


_________________
"Não creio ser um homem que saiba. Tenho sido sempre um homem que busca, mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros: começo a ouvir os ensinamentos que meu sangue murmura em mim." - Hermann Hesse
Ver perfil do usuário

7 Re: Bruxaria Tradicional em Qua Fev 26, 2014 5:30 pm

S.M.

avatar
Caminhante
Raven Nox escreveu:Creio que o "pulo do gato" aqui seja olhar o contraste entre a fluidez natural e Tradicional da Arte Bruxa ao lado da sistematização/reconstrução.

Quando as Bruxas medievais passaram a usar Santos católicos em procedimentos onde antes divindades pagãs figuravam, temos uma adaptação cujo produto é Tradicional, vivo.

Quando Gardner fez a Wicca, foi um esforço humano e localizado. Aí não há a mesma fluidez da Tradição das Bruxas medievais.

Não sei se estou me fazendo entender.

Primeiramente... Seja Bem Vindo!

A Bruxaria Tradicional seria um sistema de Baixa Magia independente de religiões.

Enquanto Wicca seria a Religião desenvolvida por Gardner que usa como base cultos antigos que utilizavam a Bruxaria Tradicional.

Interessante notar que Gardner foi "discípulo" de Crowley na O.T.O.

Muito Interessante o Topico... aguardando continuação! Twisted Evil 

Att


_________________
"Qualquer árvore que queira tocar os céus precisa ter raízes tão profundas a ponto de tocar os infernos" (Carl Gustav Jung)
Ver perfil do usuário

8 Re: Bruxaria Tradicional em Qua Fev 26, 2014 9:20 pm

Raven Nox

avatar
Recém Chegado
S.M. escreveu:Interessante notar que Gardner foi "discípulo" de Crowley na O.T.O.

Exatamente. E a influência de magia cerimonial dentro da Wicca é bastante evidente, por importes que vão além da experiência de Gardner com a O.T.O. A Wicca é híbrida, ela combina influências de Bruxaria Tradicional com outras coisas mais...


_________________
"Não creio ser um homem que saiba. Tenho sido sempre um homem que busca, mas já agora não busco mais nas estrelas e nos livros: começo a ouvir os ensinamentos que meu sangue murmura em mim." - Hermann Hesse
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum