Portais de Luz

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Parceria

Facebook
Palavras chave

fria  mundo  energéticos  energia  quente  livros  Cordões  amuletos  

Abril 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      

Calendário Calendário

Últimos assuntos
» Atendimento Portais de Libertação
Ter Mar 13, 2018 2:24 pm por Salomão

» Mago.Hellblazer
Ter Mar 13, 2018 12:13 am por Salomão

» A história da Umbanda
Qui Dez 21, 2017 11:36 pm por Lancelot

» Espaços mágicos e correntes
Qua Dez 20, 2017 11:29 pm por Lancelot

» Piano Bar Convívio
Qua Dez 20, 2017 10:49 pm por Lancelot

» O poder das Pedras Pretas : para limpeza energética e proteção
Qua Dez 20, 2017 10:46 pm por Lancelot

» Um regresso
Qua Dez 20, 2017 12:11 pm por Lancelot

» Feliz Natal 2017
Ter Dez 19, 2017 10:34 pm por Lancelot

» O atomo sob a Luz da Clarividencia
Qui Set 14, 2017 9:01 pm por Lancelot


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Portais de Luz » Religiões » Umbanda » PRECE DOS CAMINHOS

PRECE DOS CAMINHOS

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 PRECE DOS CAMINHOS em Seg Set 23, 2013 9:13 pm

Prece dos Caminhos


Eu caminho o caminho que me traçou o Senhor dos meus caminhos. Se eu caminho pelo Seu Caminho, então estou no meu caminho.

O meu caminho é o caminho dos que caminham em busca do Caminho sem se desviarem por outros caminhos.

No meu caminho eu tenho a trilha que me conduz ao Senhor do meu caminho.

Todos os caminhos conduzem ao Senhor dos Caminhos, mas eu tenho o meu caminho e não busco outro caminho para chegar ao Senhor do meu caminho.

No meu caminho muitos buscam o Senhor dos Caminhos. E muitos encontram os seus caminhos guiando-se pelo Senhor dos Caminhos.
Mas muitos se perdem pelos caminhos, ao quererem encontrar no meio deles, o Senhor dos Caminhos.

O Senhor dos Caminhos é o próprio Caminho por onde eu caminho.
Eu não busco o Senhor do meu caminho no seu final, pois ele se acha no lado direito do meu caminho.

O meu caminho tem dois caminhos: um caminho que sobe e outro caminho que desce. Mas às vezes, ao descer no meu caminho, estou subindo na minha caminhada e noutras vezes, ao subir no meu caminho, estou descendo na minha caminhada, pois o caminho pertence ao Senhor dos Caminhos e ninguém passa pelos caminhos sem ser visto por Ele.

Se cada um fizer seu caminho sem olhar os outros caminhos e nem desviar ninguém de seu caminho, então ele já é um caminho do qual se serve o Senhor dos Caminhos.

Muitos vão e muitos vêm. Muitos sobem e muitos descem. Quem muito subiu no seu caminho, às vezes volta pelos diversos caminhos que possui o Senhor dos Caminhos para que possa ver que existem muitos outros caminhos !

Quem pouco subiu no seu caminho, às vezes volta ao início e recomeça em outro caminho a sua caminhada rumo ao Senhor dos Caminhos, que a todos observa.

Se encontro muitos espinhos, deles não posso me desviar porque foi Ele quem os pôs no meu caminho só para que, ao me ferir, eu saiba e aprenda que o meu caminho não é melhor do que qualquer outro, apenas é o meu caminho!

Se o meu caminho está ressecado, eu tenho que aguá-lo com minhas lágrimas, pois este é o meu caminho, e ele não pode estar seco. Mas se meu caminho se encharcar com meu pranto, eu tenho que enxugá-lo, pois ele não pode ser muito úmido senão irei me afundar no lodo que se criará no meu caminho.

O meu caminho não é o melhor dos caminhos, mas é o meu caminho. Se eu fizer uma boa caminhada, estarei fazendo um bom caminho por onde outros, ainda sem um caminho, poderão iniciar suas caminhadas rumo ao Senhor dos Caminhos.

Eu olho para todos os caminhos e vejo somente caminhos. Todos pertencem e nos conduzem ao Senhor dos Caminhos.

No meu caminho, eu tenho, no momento da sede, a fonte de água fresca; no momento da fome, o pão sagrado; no momento de dor, o bálsamo que alivia; no momento de tristezas, tenho o sorriso amigo que alegra a minha alma; nos momentos de angústia, a paz que tranqüiliza meu espírito; nos momentos de aflições, a palavra que consola; nos momentos de desespero, a calma que pacifica o meu coração; nos momentos de alegria, a palavra de agradecimento a quem a propicia.

Pois este é o meu caminho e nele, de tudo há um pouco. Mas no meu caminho não há lugar para outro que não seja a trilha única que me conduz ao Senhor dos meus caminhos.

Que cada um caminhe o seu caminho consciente de que todos os que caminham os muitos caminhos do Senhor de todos os caminhos, por Ele foram abençoados ao iniciarem suas caminhadas. Que eu não olhe com desprezo para os que estão parados no meio do caminho, pois eles podem estar apenas descansando e reiniciarão suas caminhadas assim que conseguirem forças para isso.

Mas, se ao caminhar no meu caminho, eu tiver que diminuir um pouco a minha jornada só para ajudar alguém que caminha com dificuldade, muito terei avançado.

Se eu repartir o meu pão com alguém que tem fome, não precisarei de muitos pães para aplacar a minha fome, se eu repartir a minha água com alguém que tem sede, terei saciado a minha própria sede.

Se no meu caminho eu ajudar alguém a encontrar o seu próprio caminho, então eu sou parte de um caminho por onde muitos podem caminhar.

No meu caminho, eu caminho com o Senhor dos Caminhos que sempre guia àqueles que com Ele querem caminhar, pois assim diz o Senhor dos Caminhos: "Se tu caminhas os Meus caminhos, contigo Eu sempre caminharei nos vossos muitos caminhos, que são todos caminhos Meus."

Amém.


Esta prece foi retirada do livro "A Longa Capa Negra", página 329, romance mediúnico psicografado por Rubens Saraceni.

Ver perfil do usuário http://portaisdeluz.forumeiros.com

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum